fbpx

A Origem das Empilhadeiras

As turbinas eólicas no detalhe
janeiro 5, 2022
A Origem do Guindauto
março 4, 2022

Em meados do século 19 até o início do século 20, a evolução dos acontecimentos e a modernização de produção e estoque contribuíram para o surgimento das modernas empilhadeiras que conhecemos hoje.

Na primeira Guerra Mundial (1914 – 1918) notou-se o desenvolvimento de diferentes tipos de equipamentos para movimentação de grandes volumes principalmente no Reino Unido, por Ransomes, Sims & Jefferies Limited.
Antes disso, em 1906 a Pennsylvania Railroad introduziu caminhões de plataformas alimentados por baterias que deslocavam bagagens na estação de trens em Altoona, Pensilvânia.

Esse desenvolvimento de novos equipamentos foi, em parte, devido à escassez de trabalho provocada pela guerra. E, como muitas outras invenções, a empilhadeira nasceu por necessidade.

Em 1923, a Yale foi a primeira empresa a utilizar garfos que levantaram cargas fora do chão e uma torre de elevação que poderia estender para além da altura do caminhão. O caminhão Yale é considerado a primeira empilhadeira. Para aumentar a produção, as empilhadeiras receberam algumas melhorias, incluindo a introdução do pallet, padronizado em 1930.

Na década de 1950 os armazéns foram verticalizados e foram projetadas empilhadeiras com capacidade de elevação de cargas até 15 metros, uma proeza para a época. Com o aumento da elevação, medidas de segurança foram aplicadas à empilhadeira, incluindo uma gaiola de proteção para os condutores para evitar queda de materiais, e o protetor de carga para melhor apoio da mercadoria.

Na década de 1980 intensificou-se a introdução de mais medidas de segurança e o desenvolvimento tecnológico visando o equilíbrio frontal e lateral da empilhadeira.

Fonte: https://institutoergon.com.br/um-breve-relato-sobre-a-historia-das-empilhadeiras/

× Atendimento Comercial